fbpx

6 características da Geração Y que impactam no aprendizado

A Geração Y é uma geração que se destaca por sobreviver a um mundo em constante mudança e o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo. Por conta dos avanços tecnológicos, as pessoas esperam para fazer tudo na hora, sempre conectadas à internet.

6 características da Geração Y que impactam no aprendizado

  • Crescimento exponencial do consumismo
  • Necessidade de encontrar um propósito para a vida
  • Falta de autoconfiança
  • Dependência da tecnologia
  • Ansiedade e depressão como consequências da sociedade digital
  • Confusão entre o real e o virtual

Esse comportamento tem impactado negativamente no aprendizado dessa geração, que não está acostumada a ter paciência nem disciplina para terminar tarefas lentas.

Pensando nisso, selecionamos alguns pontos que podem te ajudar a entender essa geração.

Boa leitura!

  1. Crescimento exponencial do consumismo

O consumismo da Geração Y é cada vez mais voraz. As tecnologias que só demandam tempo para serem aprendidas e nenhuma disciplina, facilitam o acesso às compras online.

Nesse contexto, as pessoas estão sempre comprando algo novo, nem pensando nas consequências disso na sua vida financeira.

Assim, o crescimento exponencial do consumismo significa que as pessoas estão gastando mais dinheiro com produtos e serviços.

Eles também estão comprando coisas novas, em vez de usar seus antigos itens por muito tempo.

A razão para isso é que os níveis de renda mundial estão aumentando constantemente, enquanto os preços dos bens e serviços caem.

  1. Necessidade de encontrar um propósito para a vida

Geração Y - Necessidade de encontrar um propósito para a vida

O mundo está cheio de gente que quer fazer algo importante, mas não sabe por onde começar.

Você já se perguntou como você iria passar o restante da sua vida?

E, a geração Y espera pelos problemas e as agruras do dia a dia para acabarem com a vida delas.

  1. Falta de autoconfiança

A geração Y é conhecida por ser responsável pela maior crise de confiança da história, e isso está afetando as suas carreiras profissionais.

De acordo com um novo estudo realizado pelo Google, a falta de autoconfiança na geração Y tem sido o motivador principal para muitos dos seus membros não alcançarem os seus objetivos profissionais.

  1. Dependência da tecnologia

Você é da geração Y?

A Dependência da tecnologia que está presente na geração Y é um livro sobre a dependência dos jovens à tecnologia.

É uma análise profunda sobre como o mundo mudou desde os tempos em que as pessoas tinham de usar um telefone para falar, e não apenas para mandar mensagens.

Muitos livros (como o Dependência Digital: Tecnologias Transformando Pessoas, Relacionamentos e Organizações do autor Lucio Lage Gonçalves)mostram como a dependência à tecnologia afeta nossa vida social, nosso trabalho e até mesmo nosso amor-próprio.

Eles explicam porque algumas pessoas se sentem tão ansiosos sempre que estão fora do ar, enquanto outros só conseguem relaxar quando podem compartilhar sua experiência nas redes sociais.

Aliás, estes livros oferecem uma perspectiva única sobre o futuro dessa nova era digital – onde todos os aspectos da vida humana seriam influenciados pelos avanços tecnológicos.

  1. Ansiedade e depressão como consequências da sociedade digital

O estilo de vida moderno não é fácil para qualquer pessoa, mas as consequências podem ser ainda piores se você usa o Facebook todos os dias.

Uma pesquisa recente descobriu que cerca de um terço dos jovens da geração Y sofre com ansiedade e depressão devido à tecnologia.

O excessivo tempo passado na internet lhes causa problemas sociais no dia a dia, além do fato destes levarem uma presença virtual 24 horas por dia; isso tudo leva à sensação de isolamento social.

Nos últimos anos, as tecnologias da informática e comunicações foram se tornando cada vez mais sofisticadas até o ponto em que tudo é possível dentro dos limites do virtual.

É claro que isso tem uma consequência importante nas relações sociais: a tecnologia facilita nos contatos para os quais você precisa estar próximo físico um do outro (para trocar beijinhos, por exemplo).

Contudo, quando você começa a se tornar dependente dos contatos tecnológicos para manter uma conversa interpessoal (com os amigos ou com as pessoas que você não vê diariamente), é muito importante saber moderá-los.

Estudos também indicam um quarto da geração Y sofrendo de ansiedade e depressão devido à tecnologia: isso estaria ligado a problemas sociais no dia a dia, onde esses jovens levam uma presença maior nas tecnologias do que na sociedade real.

Aí você liga o celular, volta para casa depois de um dia cansativo e não tem vontade alguma de se aproximar dos amigos reais – mas mesmo assim quer saber sobre as redes sociais.

É por isso que é tão importante ter amigos tecnológicos (ou quem sabe ser moderadamente dependente da tecnologia) sem grandes preocupações com essas dinâmicas virtuais profundamente enraizadas na cultura digital.

Estudo revela que a tecnologia interfere nos relacionamentos sociais e afeta o aprendizado de jovens da Geração Y.

É cada vez mais difícil, seja para os pais (que precisam estar disponíveis) quanto para as pessoas da própria geração Y, saber como lidar adequadamente com esses novos meios tecnológicos que prometem mudar a educação.

Nesse contexto é importante lembrar-se dos limites: pelo menos uma hora a cada dia para os estudos e tecnologias, um tempo qualquer que seja para intensificar o contato com amigos reais.

  1. Confusão entre o real e o virtual

Geração Y - Confusão entre o real e o virtual

O problema é que estamos acostumados a desligar o pensamento quando entramos no Facebook. A tecnologia não gera resposta, ela simplesmente cria uma linha de raciocínio completamente diferente daquela do ser humano.

Isso significa que os jovens começaram a confundir realidade e virtualidade, por isso, sempre tem aqueles momentos onde você recebe notificações de tecnologia e, depois que você olha para o seu celular, só vê uma tela preto.

As consequências disso é que as pessoas não estão conectadas com a realidade nem consigo mesmos.

A tecnologia simplesmente os mantém cativos no mundo virtual, um mundo paralelo ilegítimo – sem qualquer objetivo na vida além do propósito da máquina: produzir lucros através dos anúncios online e desenvolver softwares cada vez mais complexos que te convencem a comprar os produtos desta ou daquela empresa.

Estamos entrando numa era de tecnologia sobre consumo, onde você precisa continuamente se manter atualizado para poder viver bem no mundo digital, e isso certamente é uma característica que veio com a da Geração Y.

O que você achou desse post? Deixe um comentário aqui compartilhando suas experiências ou dúvidas, irei adorar lhe responder! Boa sorte e até mais!

Agora é com você! Aproveite para conferir os cursos técnicos EAD do CPET.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco:

📱 Envie um WhatsApp ► //bit.ly/contatoCPET ou (11) 9 6056-8891

Siga o CPET nas redes sociais:

Curta nossa página no Facebook: //www.facebook.com/tecnicoscpet
Siga nosso perfil no Instagram: //instagram.com/cpet_cursos
Acesse nosso Twitter: //twitter.com/CpetCursos
5 de julho de 2021
PROPRIEDADE E COPYRIGHTS CPET - CENTRO DE PROFISSIONALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO TÉCNICA - Desenvolvido por Márcio Barbosa