fbpx

A importância do acesso à Internet para a educação

A importância do acesso à Internet para a educação no ano de 2021 se tornou algo essencial. Essa pandemia mudou drasticamente a percepção dos brasileiros sobre sua relação com a Internet, e o uso da educação digital agora é considerado um direito humanitário básico. A conclusão é uma pesquisa global sem precedentes conduzida pela empresa de educação Pearson em colaboração com a empresa americana de pesquisa de mercado Morning Consult.

A importância do acesso à Internet para a educação

O estudo da Global Learner Survey 2021 avaliou as opiniões de 6.000 estudantes, incluindo estudantes universitários no Brasil, China, Estados Unidos e Reino Unido, e pais de jovens de 11 a 17 anos, com o objetivo de analisar seu principal impacto no covid-19 globalmente.

O conhecimento no processo de aprendizagem e como reconfigurar o ensino como o conhecemos através da Internet. Com o desenvolvimento contínuo da educação digital, 87% dos pais e 87% dos alunos concordam que essa pandemia transformou a importância do acesso à Internet em um direito social básico. No Brasil, os números são de 83% e 86%, respectivamente.

Essa descoberta torna ainda mais óbvio que o setor público precisa urgentemente tomar medidas para permitir o acesso igual ao mundo online. Globalmente, 90% dos alunos acreditam que o governo deve tomar mais medidas para tornar essa acessibilidade possível.

Para 90% dos pais e estudantes universitários nos quatro países que recebem aconselhamento, a importância do acesso à Internet e o aprendizado online ainda se tornará uma realidade, mesmo com o fim da pandemia e as obrigações de distanciamento social.

Outros acreditam que um modelo de ensino híbrido que combina cursos online e presenciais será a escolha ideal no futuro. Cerca de 46% dos pais e 64% dos alunos apontaram essa tendência. No Brasil, 43% dos alunos apoiam o futuro modelo de ensino misto, reforçando ainda mais a importância do acesso à Internet.

Essa nova realidade também exige que o Brasil reorganize o currículo e a base educacional, que deve incluir práticas e conteúdos voltados para o digital, não apenas uma adaptação direta, mas também uma forma clara de ensino a distância e da importância do acesso à Internet.

De acordo com o relatório, ao afetar estudantes de diferentes idades, a pandemia também mudou a força de trabalho do futuro. O consenso global é que as habilidades profissionais do futuro serão diferentes das de hoje, e as universidades e escolas precisam dedicar mais tempo orientando os alunos a se adaptarem às necessidades do mercado em constante mudança.

Na opinião de 74% e 66% dos pais e alunos brasileiros, mais atenção deve ser dada à educação digital e a importância do acesso à Internet. Se por um lado a educação se adaptou e entendeu que as competências relacionadas à alfabetização digital se tornaram uma realidade à qual as escolas (ensino básico e superior) estão atualmente se adaptando, por outro lado, será necessário rever o currículo para entregar para profissionais com essas habilidades, é melhor se você não precisa de profissionais que inicialmente desenvolvam essas habilidades em um ambiente empresarial.

Diante disso, devemos lutar para que todos tenham acesso à internet e melhores condições de estudo. Por outro lado, devemos aproveitar nossas possibilidades e aprimorar nosso conhecimento. Acesso à internet é, hoje em dia, antes de tudo uma ampliação de nossas chances para mudarmos a vida por meio de estudos e aprimoramento. Por isso, o CPET reconhece a importância disso e disponibiliza cursos técnicos e profissionais reconhecidos pelo MEC.

Ficou com alguma dúvida sobre a importância do acesso à Internet? Entre em contato conosco:

📱 Envie um WhatsApp ► //bit.ly/contatoCPET ou (11) 9 6056-8891

Siga o CPET nas redes sociais:

Curta nossa página no Facebook: //www.facebook.com/tecnicoscpet
Siga nosso perfil no Instagram: //instagram.com/cpet_cursos
Acesse nosso Twitter: //twitter.com/CpetCursos
1 de junho de 2021
PROPRIEDADE E COPYRIGHTS CPET - CENTRO DE PROFISSIONALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO TÉCNICA - Desenvolvido por Márcio Barbosa