fbpx

13 Habilidades que instituições de ensino não desenvolvem

O sistema de ensino molda a personalidade de uma criança até a idade adulta. Escolas Técnicas, Faculdades e Universidades são as etapas finais para o ingresso no mercado de trabalho e, certamente, no mundo definitivo de um profissional que escolheu carreira por educacional formal integral, mas existem diversas habilidades que as instituições de ensino não conseguem desenvolver em seus alunos.

13 Habilidades que instituições de ensino não desenvolvem

  1. Gestão de estresse
  2. Forças e fraquezas
  3. Gerenciando falhas
  4. Etiqueta
  5. A gestão sem a tecnologia
  6. Saúde em primeiro lugar
  7. Taxas e impostos
  8. Gestão de tempo
  9. Gestão financeira
  10. Pensamento crítico
  11. Encontrar o emprego certo
  12. Arte da negociação
  13. Arte da comunicação

A vida que todos vivemos em escolas e faculdades é diferente da realidade que está à nossa frente. Com tantas instituições populares ao redor do mundo, ensinando diversas disciplinas e especializações, não existe uma única que prepare o aluno para o mundo real e ensine tais habilidades aos seus alunos. As pessoas se tornam profissionais nas diversas áreas, porém, não há nenhuma que desenvolva algumas habilidades essenciais para a sobrevivência que não os formais e técnicos.

Devido à falta de treinamento básico para a vida, muitos alunos levam um choque em suas vidas quando se graduam e começam a trabalhar. A falta dessa fase de transição e do aprendizado dessas habilidades pode levar a vários problemas de saúde física e mental. Nesta série de 2 artigos abordaremos as principais inabilidades de recém-formados. Vamos a elas.

Arte da comunicação

A comunicação é uma das habilidades essenciais de todos. Seja com amigos, conhecidos, chefes ou qualquer pessoa do mundo exterior. Aprender a impressionar alguém com sua retórica é algo que pode ser lembrado por muito tempo.

Até mesmo escrever e-mails para fins profissionais é de extrema importância. As instituições não ensinam ou compartilham qualquer forma de conhecimento sobre comunicação, seja verbal ou escrita (a não ser em um curso específico sobre o tema).

A geração atual nasce com a tecnologia nas mãos, portanto, eles estão perdendo a importância da comunicação e quase não falam com ninguém no mundo exterior. Saber quando falar e quando ouvir é valioso na experiência profissional e nas habilidades interpessoais.

Arte da negociação

Fazer o trabalho ou fechar um negócio é outra parte da comunicação eficaz. Ser um Negociador é muito importante, principalmente no mundo profissional, e ter essa como uma de suas habilidades  principais é muito importante.

A negociação varia de pedidos de aumentos ou a qualquer outra proposição em que ambas as partes envolvidas sejam beneficiadas. Várias pesquisas provaram repetidamente que a capacidade em negociar o preço ou produto certo está faltando na maioria das pessoas.

As escolas fornecem as informações contidas nos livros, mas a negociação é algo em que é preciso ser inteligente, paciente e saber quando dizer as palavras certas.

Para ser bom em negociação, é preciso muita prática e experiência, e a escola é deveria ser o melhor lugar para aprimorar essa habilidade antes que os alunos entrem no mundo real.

Encontrar o emprego certo

Os alunos se matriculam em instituições de ensino principalmente para aprender o assunto de sua escolha e para encontrar o emprego certo no setor, mas se deparam com muitas dificuldade pela falta de habilidades  específicas.

Encontrar o emprego certo é importante porque torna a pessoa autossuficiente e contribui para a sociedade e o país. Os alunos precisam se preparar para encontrar o emprego certo, treinando-se para fazer um currículo eficaz, preparando-se para as entrevistas. As escolas podem ensinar bem o assunto, mas nunca preparam os alunos para conseguir o melhor emprego disponível no mercado.

Pensamento crítico

Uma vez que uma decisão é tomada, a pessoa precisa passar pelas consequências; eles podem ser bons ou ruins, dependendo da ação realizada. Portanto, é preciso pensar antes de tomar qualquer decisão precipitada, pense sempre em desenvolver essa e muitas outras habilidades.

As instituições educacionais testam apenas o conteúdo ministrado com os conteúdos específicos disponibilizados aos alunos, não os estimulam ao pensamento crítico exigido no mundo exterior. Pensar na direção certa não é algo com que se nasce, mas requer orientação e compartilhamento de conhecimentos em um espaço educacional.

Apesar de obter graus mais elevados, muitas pessoas tendem a fazer escolhas de carreira erradas ou perder as melhores oportunidades devido às decisões irracionais que tomam.

Gestão financeira

Muitos alunos tendem a ter um empréstimo estudantil ou bolsas parciais. Uma vez que graduam, têm dificuldade em pagar essa dívida. Quando se empregam, novatos tendem a gastar dinheiro em coisas desnecessárias que mais tarde resultam em falta de dinheiro para emergências. Por isso é muito importante desenvolver habilidades em gestão financeira.

.Cursos de administração e afins ensinam sobre finanças e contabilidade para fins industriais, mas o verdadeiro teste é administrar dinheiro para benefícios pessoais.

As instituições deveriam adicionar a gestão financeira pessoal como parte de sua estrutura curricular ou como uma disciplina complementar para seus alunos, onde eles possam aprender tudo sobre economia e seus benefícios. Ensinar-lhes a importância desta gestão para o plano de curto e longo prazo irá prepará-los para o futuro que está por vir.

Gestão de tempo

O mundo gira em torno do tempo, espera-se que tudo seja feito no prazo, por isso desenvolver habilidades  em gestão de tempo é crucial.

De exames, submissão de projetos, prazos em empregos, está quase em toda parte. Mas ninguém ensina como se deve ser capaz de administrar o tempo de forma eficiente para que a meta seja alcançada no cronograma designado.

Quanto mais se envelhece, as competências de gestão do tempo ganham mais importância, a gestão entre o trabalho e a família com os filhos e o tempo pessoal, tudo depende da eficiência com que se consegue gerir o tempo. Quanto mais cedo a pessoa aprende essas habilidades, mais cedo pode cultivar seus benefícios na vida.

Taxas e impostos

Assim que uma pessoa começa a trabalhar, é sabido que deva pagar impostos ao governo, dependendo da tabela de salários em que se enquadra. Vários esquemas de economia ajudam a pessoa a economizar muito dinheiro ao obter uma dedução em sua declaração.

As instituições de ensino precisam se assegurar de ensinar seus alunos sobre o sistema tributário antes de entrarem no mercado de trabalho, pois isso é importante para eles saberem quando e onde o dinheiro deve ser gasto e economizado.

Em relação ao método tributário, há conhecimento incompleto dos alunos; portanto, muitos tendem a perder uma boa quantia de dinheiro com impostos ou modalidades erradas de suas empresas, quando se aplica (Ex: microempresas, sociedades limitadas, etc.).

Saúde em primeiro lugar

Os acidentes podem acontecer a qualquer momento e encontrar o pessoal do socorro de maneira imediata quase nunca se aplica. É bom que a pessoa aprenda habilidades e conhecimentos básicos sobre primeiros socorros, por exemplo, compreender o sintoma correto da doença.

Saber dar um tratamento básico para queimaduras, ou salvar a pessoa que está se afogando ajuda a salvar uma vida a tempo. É importante conhecer os vários sinais de doenças como insolação, desidratação, dificuldade em respirar e aprender sobre os cuidados preliminares que serão úteis.

As escolas precisam focar no conhecimento de primeiros socorros para dar aos alunos regularmente, a ponto de que todos estejam cientes e conheçam as etapas de proteção.

A gestão sem a tecnologia

O mundo se tornou tão impulsionado pela tecnologia que é difícil imaginar fazer coisas sem elas e desenvolver habilidades que não englobem tecnologia é uma boa opção.

A geração atual está perdendo a importância de fazer as coisas sem assistência técnica, preparar-se para que o futuro seja eficaz. E se a pessoa cair em uma situação em que não há assistência técnica, como fazer para resolver?

Esses podem ser os métodos antigos, mas são métodos confiáveis ​​para trabalhar. Por exemplo, gerenciar ferramentas pode ser importante quando se está no mundo real.

Etiqueta

No mundo fora da escola, o comportamento adequado de acordo com o lugar é primordial e desenvolver habilidades  nesse sentido é muito importante. É preciso entender como a pessoa supõe falar com outras pessoas, não importa a classe ou a origem social que tenham.

O uso da linguagem verbal e corporal correta (especialmente no trabalho) é importante, o comportamento e atitude corretos são a demanda do momento. As Instituições de ensino tendem a negligenciar a respeito de uma ideia simples de etiqueta a ser ensinada aos alunos.

Com as paredes protegidas das salas de aulas ou ambientes virtuais, toda a atitude e comportamento das pessoas são diferentes quando comparados com o mundo exterior. Palavras simples como obrigado e por favor estão perdendo seu significado.

Antigamente, as aulas de etiqueta eram realizadas para ensinar os jovens sobre o comportamento correto e maneirismos com as pessoas, mas agora essas aulas estão se tornando coisas do passado.

Gerenciando falhas

O mundo real é cheio de sucessos e fracassos; em geral, as pessoas precisam ser muito resistentes para ter sucesso na vida. O sistema educacional dificilmente incentiva seus alunos a enfrentar desafios reais e superar o fracasso com o desenvolvimento de habilidades.

Os professores continuam incentivando os alunos a alcançarem resultados, mas às vezes as pessoas tendem a falhar em tentativas sucessivas que podem levá-los à depressão. O ambiente positivo e gratificante de ambiente estudantil esconde a verdade brutal dos fracassos no mundo exterior.

Uma instituição escolar deve se assegurar de mostrar as habilidades e reais preocupações do setor, onde as coisas podem não ser favoráveis ​​facilmente. Como existem muitos concorrentes, às vezes gerenciar o fracasso é algo primordial para o desenvolvimento profissional.

Forças e fraquezas

As escolas técnicas, faculdades e universidades oferecem grade curricular estudantil igual para todos dentro de um mesmo curso. Os alunos são julgados pelos mesmos padrões, o ponto a se notar é que cada indivíduo é dotado de talentos diferentes e eles não podem ser julgados pelos mesmos parâmetros e habilidades.

Na corrida para ficar à frente dos outros, muitos alunos perdem o panorama geral. Eles não estão completamente cientes de seus pontos fortes e fracos, o que será eficaz na definição de seus planos de carreira. As instituições precisam incorporar vários testes de personalidade e treinar os alunos de acordo com suas capacidades.

Gestão de estresse

A pressão social para ser o melhor em tudo está crescendo dia a dia, levando a muito estresse físico e mental por conta de habilidades  adquiridas ou não desenvolvidas.

As pessoas querem ser as melhores no trabalho, na vida pessoal e nas atividades extracurriculares. Em todas essas competições as pessoas estão se esquecendo de se cuidar. Está se tornando difícil para as pessoas aceitarem que não é preciso ser o melhor em tudo; esse estresse está levando a várias doenças em uma idade jovem.

Seria de grande valia se as instituições pudessem organizar aulas de gerenciamento de estresse para os alunos e orientá-los para lidar com a pressão social desnecessária experimentada por eles.

Conclusão

Embora até mesmo as melhores Instituições Estudantis afirmem dar a melhor educação a seus alunos, elas ainda tendem a perder as informações e habilidades de que mais precisam.

Se a faculdade não está fornecendo e treinando os alunos nas etapas necessárias para enfrentar o mundo real, os alunos precisam trabalhar nesse sentido. Conseguir um emprego ou se casar são meros marcos na vida de uma pessoa, a mensagem importante a não perder é como aproveitar ao máximo a vida oferecida.

Devido à falta de informações, habilidades e conhecimentos corretos, muitas mentes brilhantes tendem a falhar devido a preocupações menores.

O CPET intenta aprimorar a formação de seus alunos abordando os problemas mencionados neste artigo para fornecer melhor qualidade de profissionais ao mercado de trabalho, desenvolvendo muitas habilidades e para melhor desenvolvimento pessoal daqueles que participaram da nossa metodologia de Ensino. Deixe seus comentários a respeito deste artigo e conheça nossos cursos acessando os links abaixo.

Ficou alguma dúvida sobre este tema?

📱 Envie um WhatsApp ► //bit.ly/contatoCPET ou (11) 9 6056-8891

Siga o CPET nas redes sociais:

Curta nossa página no Facebook: //www.facebook.com/tecnicoscpet
Siga nosso perfil no Instagram: //instagram.com/cpet_cursos
Acesse nosso Twitter: //twitter.com/CpetCursos
12 de outubro de 2021
PROPRIEDADE E COPYRIGHTS CPET - CENTRO DE PROFISSIONALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO TÉCNICA - Desenvolvido por Márcio Barbosa