fbpx

O desemprego e o crescimento do Brasil

O FMI (Fundo Monetário Internacional) informou, que uma saída para a crise econômica mundial está mais visível e fez um ajuste para cima na projeção de crescimento do Brasil  e da economia para 2021 em meio a incertezas em torno da trajetória da pandemia e da vacinação. A previsão do mercado financeiro para o crescimento do Brasil este ano caiu de 3,18% para 3,17%.

Em 2020, a pandemia de Covid-19 assolou o planeta e provocou efeitos irreparáveis a curto prazo para o crescimento do Brasil. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE) , a crise econômica que atingiu o país causou desemprego, atingindo a maior taxa desde o início da série histórica, iniciada em 2012, e alta nos preços de produtos básicos, como o arroz .

De acordo com o levantamento, o combate ao desemprego é considerado uma prioridade por 41% dos entrevistados. Dentro da margem de erro, as preocupações com a saúde ficaram em segundo lugar, respondendo por 39%. Os cinco primeiros cargos completaram o combate à corrupção (35%), a melhoria da qualidade da educação (34%) e o combate à violência e ao crime (25%).

Cada respondente pode escolher três itens, e a soma dos percentuais obtidos é superior a 100%. Na avaliação da CNI, a retração econômica do ano passado e a continuidade da pandemia de covid-19 comprovaram a preocupação das pessoas com o desemprego.

A entidade defendeu a vacinação em massa da população para garantir o crescimento do Brasil, da saúde e do emprego para restaurar a economia. Para a Confederação, somente com a vacinação o brasileiro pode voltar com segurança à vida cotidiana, restaurar o mercado consumidor e retomar a produção normal.

Crescimento do Brasil conforme cada região

No que diz respeito ao crescimento do Brasil e ao emprego, o inquérito apontou que o problema diz respeito principalmente aos residentes das regiões Norte e Centro e Oeste, onde 52% dos inquiridos consideram o projeto prioritário. Entre os grupos de renda, as famílias cuja renda chega a até um salário mínimo (44%) estão mais preocupadas.

No Norte e no Centro-Oeste, a luta anticorrupção ocupa o segundo lugar, com uma taxa de citação de 45%. Seguem-se educação e saúde (40%) e segurança pública (38%). No Nordeste, 39% das pessoas acreditam que a promoção do emprego deve ter prioridade, seguida da saúde (35%), educação (34%), combate à corrupção (29%) e segurança (25%).

Essa preocupação contrasta fortemente com as regiões mais ricas, que escolheram a saúde como prioridade. No Sudeste, 39% da população mencionou melhorar a saúde, 38% da população afirmou estar ocupada, 33% da população combateu a corrupção e 33% da população manteve a educação.

Na região sul, 46% das pessoas escolhem primeiro a saúde, enquanto 45% escolhem o emprego. Anticorrupção (40%), educação (30%) e segurança pública (23%) estão entre os principais residentes da região.

Soluções possíveis para o crescimento do Brasil

Apesar de não depender inteiramente de nós o desemprego e o crescimento do Brasil, algumas atitudes nos ajudam muito: sobretudo, uma boa formação profissional. Outras também são desejáveis:

  • Definição de metas;
  • Ser empático;
  • Ser divertido;

Por fim, para o crescimento do Brasil, a educação a distância do Centro de Profissionalização e Educação Técnica disponibiliza amplo conteúdo e suporte para seus alunos. Seu Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) é versátil e seu suporte está disponível 24/7. Além disso, as aulas virtuais possuem tutoria on-line, demonstrando que, apesar de ser educação a distância, o CPET está constantemente próximo de seus estudantes.

Poderíamos escrever páginas e mais páginas sobre os destaques do Centro de Profissionalização e Educação Técnica, mas convidamos você a entrar no site www.cpet.com.br e conferir com seus próprios olhos como o CPET se destaca de outras instituições. Aqui, nós realmente nos preocupamos com o estudante e a formação de qualidade que faz com que nossos profissionais se destaquem no mercado de trabalho.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco:

📱 Envie um WhatsApp ► //bit.ly/contatoCPET ou (11) 9 6056-8891

Siga o CPET nas redes sociais:

Curta nossa página no Facebook: //www.facebook.com/tecnicoscpet
Siga nosso perfil no Instagram: //instagram.com/cpet_cursos
Acesse nosso Twitter: //twitter.com/CpetCursos
27 de maio de 2021
PROPRIEDADE E COPYRIGHTS CPET - CENTRO DE PROFISSIONALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO TÉCNICA - Desenvolvido por Márcio Barbosa