fbpx

Conheça o curso técnico em Mecânica

Você já saiu do ensino médio e deseja entrar no mercado de trabalho o mais rápido possível? Então, o curso técnico em Mecânica pode ser a melhor alternativa para impulsionar a sua carreira.

Afinal de contas, essa é uma das áreas que mais empregam em todo Brasil, especialmente porque falta mão de obra qualificada. Além disso, o mercado de trabalho para o mecânico é muito amplo, logo diversas portas são abertas após a conclusão do curso.

No entanto, antes de fazer o curso técnico em Mecânica é importante conhecer mais afundo sobre ele e abaixo está tudo que você precisa saber. Confira!

Conheça o curso técnico em Mecânica

O curso técnico em Mecânica é uma opção de curso rápido voltado para aqueles que querem se inserir no mercado de trabalho o quanto antes.

Dessa maneira, o curso prepara o estudante para trabalhar com projetos mecânicos, além da manutenção de equipamentos e diferentes atividades dentro dessa área da mecânica.

Por ser uma área que tem uma certa escassez de profissionais, é natural que o técnico formado em mecânica consiga boas oportunidades dentro do mercado de trabalho.

Por essa razão, cada vez mais pessoas estão buscando essa alternativa de curso para adentrar no mercado de trabalho com o pé direito.

Ora, com tantas oportunidades disponíveis, o nível de empregabilidade é muito grande.

Diante disso, se você gosta da área de mecânica, se identifica com o segmento da indústria e tem interesse em atuar dentro dessa área, esse é o curso certo para você impulsionar a sua vida profissional.

Grade curricular

O curso tem uma carga horária de 1165 horas na modalidade a distância, que é ideal para quem gosta de autonomia no momento da aprendizagem.

Desse modo, é possível concluir o técnico em um tempo até mais curto, podendo assim já ir em busca das oportunidades que esse mercado tem.

Portanto, o curso técnico em Mecânica EAD é o mais recomendado para quem deseja uma formação rápida.

Então, nele você tem contato com a seguinte grade curricular:

  • Funções e trigonometria básica para mecânica;
  • Matemática essencial para mecânica;
  • Mecânica técnica;
  • Desenho técnico mecânico;
  • Introdução ao AutoCad 2D;
  • Ciências dos materiais I;
  • Introdução à ciência dos materiais;
  • Metrologia I;
  • Introdução a eletrotécnica;
  • Introdução a segurança do trabalho;
  • Primeiros socorros.

Visto isso, fica nítido que as disciplinas tem o objetivo de ajudar no desenvolvimento do estudante, em especial nas suas competências técnicas para que ele atue dentro dessa área da melhor maneira possível.

Assim, com essa qualificação e a certificação em mãos, o profissional se torna apto para ir em busca das oportunidades existentes dentro desse mercado tão promissor.

O que faz um técnico em Mecânica?

A partir do momento que você termina o curso técnico em Mecânica você se torna apto para desenvolver projetos mecânicos e sistema automatizados.

Portanto, se trata de um profissional que planeja, aplica e controla os procedimentos de instalação e manutenção mecânica de máquinas e equipamentos.

Além disso, é de responsabilidade do técnico desenvolver e controlar os processos de fabricação, bem como os conjuntos mecânicos.

Como se não bastasse tudo isso, o profissional ainda faz medição e ensaios, estabelece materiais para a construção mecânica e elabora a documentação.

Na responsabilidade do técnico em mecânica ainda está o cumprimento de normas, bem como procedimentos de segurança no trabalho e preservação ambiental.

Ao contrário do que muitos acreditam, o profissional não atua de forma independente, normalmente, ele trabalha sob a supervisão de uma equipe de Engenharia.

Dessa maneira, ele ajuda na questão operacional, o que é fundamental para o sucesso dos projetos, sendo assim uma espécie de “braço direito” do engenheiro.

Como é o mercado de trabalho?

Segundo uma pesquisa feito pelo Serviço de Aprendizagem Industrial (SENAI), Ministério do Trabalho e Emprego e Federação das Indústrias do Estado de São Paulo, 70% dos estudantes que fazem um curso técnico conseguem um emprego com maior rapidez e, em alguns casos, antes mesmo de concluir os estudos.

Então, falando sobre o mercado de trabalho para o curso técnico em Mecânica as oportunidades são vastas, visto que essa é uma área bastante ampla.

Dentre os locais em que o técnico pode atuar estão:

  • Indústrias diversas;
  • Empresas de manutenção industrial;
  • Prestadoras de serviços;
  • Oficinas de mecânicas;
  • Empresas de peças para veículos;
  • Fazendas e cooperativas;
  • Fábricas de máquinas, dentre outros.

Com relação a remuneração, a média salarial do profissional mecânico é de R$ 1.250,00 a R$ 3.500,00, a depender da região e da experiência.

Onde estudar?

Quer fazer o curso técnico em Mecânica? No CPET (Centro de Profissionalização e Educação Técnica) você encontra essa qualificação na metodologia a distância.

Dentre os diferenciais da instituição estão:

  • Estudos 100% online;
  • Instituição credenciada pelo MEC;
  • Certificação amplamente aceita no mercado de trabalho.

O Centro de Profissionalização e de Educação Técnica elaborou esse artigo para mostrar a você as maravilhas e utilidades do curso técnico em mecânica. Ele está tão ligado à nossa vida e ao seu desenvolvimento que seria impossível pensar a nossa sociedade sem ele.

Apesar de a mecânica parecer estar distante de nosso cotidiano, na verdade, ela está atrelada a tudo ao nosso redor. Não apenas aos carros que dirigimos, mas também à indústria alimentícia, têxtil e diversos outros setores.

O que faz um técnico em mecânica?

O curso técnico em mecânica forma profissionais que planejam e realizam projetos mecânicos e automatizados. Ou seja, eles projetam, aplicam e controlam os procedimentos de instalações industriais e empresariais, além de realizar manutenções mecânicas em diversos equipamentos.

O técnico em mecânica consegue garantir e aperfeiçoar os processos de fabricação e montagem de diversos produtos utilizados em nosso cotidiano. Para isso, esse profissional utiliza diversas técnicas de medição e ensaios, cria e especifica materiais e peças para utilizações mecânicas e elabora na documentação de tais projetos.

É importante notarmos que o mercado de trabalho e as indústrias estão aumentando, cada vez mais, seus processos automatizados. Isso exige profissionais elaborados não apenas para a manutenção de seus equipamentos, como, também, para a criação e implementação de novos projetos, máquinas e melhorias.

Por isso, o técnico mecânico é formado também para trabalhar com engenharia reversa, manufatura aditiva e impressões 3D. Todas essas atividades se aliam aos setores de engenharia responsáveis da empresa, criando laços importantes e fundamentais entre os técnicos e engenheiros.

Mercado de trabalho para o técnico em mecânica

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIEP) e pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), mais de 70% dos estudantes técnicos conseguem trabalho pouco tempo depois de concluírem seus cursos.

Isso acontece devido ao desenvolvimento tecnológico constante que aprimora os processos industriais e empresariais e exige mais profissionais nessa área. Além disso, o mercado de trabalho dessa área é bastante amplo e diversificado. Ele abrande atividades mais antigas (indústrias de construções de peça e automobilísticas) até setores mais recentes, como as indústrias farmacêuticas, químicas, agrícolas, etc.

O técnico em mecânica pode atuar também em empresas de pesquisa e desenvolvimento, em manutenção, em laboratórios de qualidades, em empresas prestadoras de serviços gerais, em montadores de máquinas variadas, entre muitas outras possibilidades. Estima-se que um técnico em mecânica ganha, em médio, mais de 3 mil reais, iniciando sua remuneração a partir de 2 mil reais.

Mas a rápida inserção como técnico em diversas empresas pode também abrir outros caminhos ainda mais frutíferos, com outros cursos técnicos e cursos de superiores de engenharia. Por isso, também, o CPET disponibiliza o curso técnico em mecânica com alta qualidade, chegando a abordar diversas matérias e conteúdos presentes em cursos superiores de engenharia.

Está pensando em se qualificar e ainda não sabe em qual área? Confira em nosso artigo 07 motivos para fazer um curso técnico em mecânica e veja se essa é a profissão que você quer seguir.

No Brasil, o crescente mercado da indústria justifica a proporção de empresas que buscam profissionais bem formados num curso técnico em mecânica está aumentando na mesma proporção.

Graças ao desenvolvimento deste mercado, a qualificação profissional dos trabalhadores mecânicos tornou-se cada vez mais necessária.

A fim de se manter atualizado no mercado, é importante especialização que aumente seus conhecimentos. Por isso, neste artigo, vamos mostrar os motivos para fazer um curso técnico em mecânica.

Logo, tome a decisão correta, conheça o curso de Mecânica do CPET e se inscreva agora mesmo para impulsionar a sua vida profissional.

📱 Envie um WhatsApp ► //bit.ly/contatoCPET ou (11) 9 6056-8891

Siga o CPET nas redes sociais:

Curta nossa página no Facebook: //www.facebook.com/tecnicoscpet
Siga nosso perfil no Instagram: //instagram.com/cpet_cursos
Acesse nosso Twitter: //twitter.com/CpetCursos
12 de abril de 2021
PROPRIEDADE E COPYRIGHTS CPET - CENTRO DE PROFISSIONALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO TÉCNICA - Desenvolvido por Márcio Barbosa