fbpx

Curso técnico em Eletrotécnica – Conheça tudo sobre!

Mesmo em épocas de crise, a melhor saída é sempre se profissionalizar para não sofrer com as mudanças econômicas do país. Dentro desse contexto, existe o curso técnico em Eletrotécnica, que é um dos mais buscados no mercado de trabalho.

Dessa maneira, a partir do momento que você se qualifica dentro dessa área, muitas oportunidades são abertas, uma vez que o segmento de eletrotécnica é bem amplo.

No entanto, há sempre muitas dúvidas com relação a esse curso, especialmente quando se fala da formação e do mercado de trabalho.

Sendo assim, como uma forma de sanar todos os questionamentos existentes, abaixo você encontra tudo que precisa saber sobre o curso técnico de Eletrotécnica. Confira!

Conheça o curso técnico em Eletrotécnica

No curso de eletrotécnica técnico o estudante aprende toda a teoria que existe por trás da elétrica. Então, ele entra em contato com as normas de segurança, legislação e, obviamente, tudo que envolve as partes de projetos elétricos.

Isso porque, o objetivo principal dessa capacitação profissional é formar pessoas que sejam capazes de realizar manutenção e execução de equipamentos eletroeletrônicos.

Afinal de contas, a eletrotécnica é uma área da Engenharia Elétrica dedicada ao conhecimento do funcionamento e utilização dos circuitos constituídos de componentes elétricos e eletrônicos com o principal objetivo de gerar, armazenar, transmitir e também distribuir energia elétrica.

Por essa razão, se trata de uma área bem específica e que possui boas oportunidades e a tendência é que continue assim por muito tempo.

Aliás, para quem deseja adentrar no mercado de trabalho com rapidez, o técnico em Eletrotécnica a distância é ideal, uma vez que você se forma profissionalmente e ainda consegue conciliar os estudos com as suas atividades do dia a dia.

Grade curricular

Antes de fazer o curso é fundamental que você conheça um pouco sobre a grade curricular.

Ora, se trata de uma formação de exatas, logo o perfil do profissional precisa ser alinhando a essa área.

Portanto, esteja ciente de que o curso é dividido em algumas etapas, onde você aprende:

  • Elétrica geral – etapa inicial onde se aprende as noções de eletrônica, projetos elétricos, normas de segurança em eletricidade, dentre outros;
  • Elétrica industrial e motores – etapa onde são estudadas as particularidades que envolvem as máquinas elétricas, como comandos elétricos, acionamentos, etc. além disso, aqui também é visto um pouco de automação;
  • Máquinas e processos – etapa final onde você estuda a manutenção de sistemas elétricos, pneumática, testes industriais, hidráulica, etc.

Desse modo, a grade curricular tem 1625 horas e durante o curso você aprende as seguintes disciplinas:

  • Eletricidade I;
  • Eletrônica básica;
  • Instrumentação;
  • Instrumentação eletrônica – multímetro;
  • Instrumentação eletrônica – osciloscópio;
  • Introdução ao Autocad 2D;
  • Multisim 13 fundamentos;
  • Nivelamento em física;
  • Nivelamento em matemática;
  • Princípios de eletromagnetismo;
  • Princípios de eletrônica analógica;
  • Projeto prático em eletricidade I;
  • CLP fundamentos;
  • Acionamento elétricos.

Isto posto, o perfil profissional do técnico da eletrotécnica deve envolver:

  • Ser bastante crítico;
  • Responsável;
  • Extrema atenção aos detalhes;
  • Familiaridade com as ciências exatas, é óbvio.

O que faz o técnico em eletrotécnica?

Após a conclusão do curso, o profissional desempenhar diversas funções, dentre elas estão:

  • Realizar instalação e manutenção de equipamentos e instalações elétricas;
  • Participar do planejamento e desenvolvimento de projetos de instalações elétricas e infraestruturas;
  • Fazer a instalação e manutenção de iluminação e sinalização de segurança;
  • Elaborar, bem como aplicar, medidas para o desenvolvimento de projetos para a geração de energia elétrica sustentável;
  • Seguir plantas de construção civil;
  • Consertos e manutenções de aparelhos e equipamentos eletrônicos;
  • Atuar no projeto de construção, montagem e aperfeiçoamento de equipamentos eletrônicos.

Visto isso, fica evidente que o profissional pode atuar de diversas formas, podendo até mesmo ser autônomo dentro da área de eletrotécnica.

Como é o mercado de trabalho?

É sabido que o mercado de trabalho para eletrotécnica é bem amplo, uma vez que o técnico pode trabalhar em vários setores, como:

  • Industrias;
  • Usinas elétricas, termelétricas, solares e eólicas;
  • Indústrias metalúrgicas;
  • Assistência técnica de equipamentos eletroeletrônicos;
  • Telecomunicações;
  • Construção civil;

Assim, fica claro que as oportunidades são muitas, pois esse é um profissional realmente importante no mercado de trabalho.

Inclusive, um dos pontos mais interessantes sobre o técnico que atua em eletrotécnica é com relação ao salarial, que tem valor inicial de R$ 1.500,00 até R$ 2.000,00 por mês.

A partir do momento que se tem mais experiência ainda, a remuneração pode chegar até R$ 4.000,00, valor bastante superior ao salário mínimo vigente hoje.

Com isso, se você tem facilidade com a área de exatas e quer se profissionalizar com rapidez para entrar no mercado de trabalho, o curso técnico em Eletrônica EAD é o mais recomendado para você.

Onde estudar?

O CEPT hoje oferece o curso técnico em Eletrotécnica reconhecido pelo MEC, ou seja, a sua certificação vai ser amplamente aceita no mercado de trabalho.

Além disso, a qualificação é feita no modelo de ensino EAD, onde você consegue conciliar os estudos com as suas demais atividades.

Logo, não espere para começar a sua formação, conheça o curso Eletrotécnica do CEPT e se inscreva agora mesmo.

Saiba mais em nosso blog

📱 Envie um WhatsApp ► https://bit.ly/contatoCPET ou (11) 9 6056-8891
26 de outubro de 2020
PROPRIEDADE E COPYRIGHTS CPET - CENTRO DE PROFISSIONALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO TÉCNICA - Desenvolvido por Márcio Barbosa