fbpx

Curso técnico em Eletrotécnica – Conheça tudo sobre!

Mesmo em épocas de crise, a melhor saída é sempre se profissionalizar para não sofrer com as mudanças econômicas do país. Dentro desse contexto, existe o curso técnico em Eletrotécnica, que é um dos mais buscados no mercado de trabalho. Dessa maneira, a partir do momento que você se qualifica dentro dessa área, muitas oportunidades são abertas, uma vez que o segmento de eletrotécnica é bem amplo. No entanto, há sempre muitas dúvidas com relação a esse curso, especialmente quando se fala da formação e do mercado de trabalho. Sendo assim, como uma forma de sanar todos os questionamentos existentes, abaixo você encontra tudo que precisa saber sobre o curso técnico de Eletrotécnica. Confira!

Conheça o curso técnico em Eletrotécnica

No curso de eletrotécnica técnico o estudante aprende toda a teoria que existe por trás da elétrica. Então, ele entra em contato com as normas de segurança, legislação e, obviamente, tudo que envolve as partes de projetos elétricos. Isso porque, o objetivo principal dessa capacitação profissional é formar pessoas que sejam capazes de realizar manutenção e execução de equipamentos eletroeletrônicos. Afinal de contas, a eletrotécnica é uma área da Engenharia Elétrica dedicada ao conhecimento do funcionamento e utilização dos circuitos constituídos de componentes elétricos e eletrônicos com o principal objetivo de gerar, armazenar, transmitir e também distribuir energia elétrica. Por essa razão, se trata de uma área bem específica e que possui boas oportunidades e a tendência é que continue assim por muito tempo. Aliás, para quem deseja adentrar no mercado de trabalho com rapidez, o técnico em Eletrotécnica a distância é ideal, uma vez que você se forma profissionalmente e ainda consegue conciliar os estudos com as suas atividades do dia a dia.

Grade curricular

Antes de fazer o curso é fundamental que você conheça um pouco sobre a grade curricular. Ora, se trata de uma formação de exatas, logo o perfil do profissional precisa ser alinhando a essa área. Portanto, esteja ciente de que o curso é dividido em algumas etapas, onde você aprende:

  • Elétrica geral – etapa inicial onde se aprende as noções de eletrônica, projetos elétricos, normas de segurança em eletricidade, dentre outros;
  • Elétrica industrial e motores – etapa onde são estudadas as particularidades que envolvem as máquinas elétricas, como comandos elétricos, acionamentos, etc. além disso, aqui também é visto um pouco de automação;
  • Máquinas e processos – etapa final onde você estuda a manutenção de sistemas elétricos, pneumática, testes industriais, hidráulica, etc.

Desse modo, a grade curricular tem 1625 horas e durante o curso você aprende as seguintes disciplinas:

  • Eletricidade I;
  • Eletrônica básica;
  • Instrumentação;
  • Instrumentação eletrônica – multímetro;
  • Instrumentação eletrônica – osciloscópio;
  • Introdução ao Autocad 2D;
  • Multisim 13 fundamentos;
  • Nivelamento em física;
  • Nivelamento em matemática;
  • Princípios de eletromagnetismo;
  • Princípios de eletrônica analógica;
  • Projeto prático em eletricidade I;
  • CLP fundamentos;
  • Acionamento elétricos.

Isto posto, o perfil profissional do técnico da eletrotécnica deve envolver:

  • Ser bastante crítico;
  • Responsável;
  • Extrema atenção aos detalhes;
  • Familiaridade com as ciências exatas, é óbvio.

O que faz o técnico em eletrotécnica?

Após a conclusão do curso, o profissional desempenhar diversas funções, dentre elas estão:

  • Realizar instalação e manutenção de equipamentos e instalações elétricas;
  • Participar do planejamento e desenvolvimento de projetos de instalações elétricas e infraestruturas;
  • Fazer a instalação e manutenção de iluminação e sinalização de segurança;
  • Elaborar, bem como aplicar, medidas para o desenvolvimento de projetos para a geração de energia elétrica sustentável;
  • Seguir plantas de construção civil;
  • Consertos e manutenções de aparelhos e equipamentos eletrônicos;
  • Atuar no projeto de construção, montagem e aperfeiçoamento de equipamentos eletrônicos.

Visto isso, fica evidente que o profissional pode atuar de diversas formas, podendo até mesmo ser autônomo dentro da área de eletrotécnica.

Como é o mercado de trabalho?

É sabido que o mercado de trabalho para eletrotécnica é bem amplo, uma vez que o técnico pode trabalhar em vários setores, como:

  • Industrias;
  • Usinas elétricas, termelétricas, solares e eólicas;
  • Indústrias metalúrgicas;
  • Assistência técnica de equipamentos eletroeletrônicos;
  • Telecomunicações;
  • Construção civil;
  •  

Assim, fica claro que as oportunidades são muitas, pois esse é um profissional realmente importante no mercado de trabalho. Inclusive, um dos pontos mais interessantes sobre o técnico que atua em eletrotécnica é com relação ao salarial, que tem valor inicial de R$ 1.500,00 até R$ 2.000,00 por mês. A partir do momento que se tem mais experiência ainda, a remuneração pode chegar até R$ 4.000,00, valor bastante superior ao salário mínimo vigente hoje. Com isso, se você tem facilidade com a área de exatas e quer se profissionalizar com rapidez para entrar no mercado de trabalho, o curso técnico em Eletrônica EAD é o mais recomendado para você. O CPET elaborou esse artigo para você conhecer essa área profissional e do conhecimento e aprender um pouco mais sobe o curso técnico em eletrotécnica EAD. Com toda a certeza, você já ouviu falar sobre eletrônica, informática e engenharia. São elementos presentes em nosso cotidiano fundamentais para nossa sociedade, nosso trabalho, nosso bem-estar, etc. Mas você já ouviu falar sobre “eletrotécnica”?

O que é a eletrotécnica?

A eletrotécnica é um campo de estudo que engloba conhecimentos para formar profissionais que podem atuar em diversas áreas da eletroeletrônica. Isso quer dizer que ela engloba eletrônica, informática e outros campos. Então, você pode até nunca ter ouvido falar sobre a eletrotécnica. Mas, pelo menos em partes, você a conhece. Aproveite e conheça também o curso técnico em eletrotécnica EAD do CPET.

O que faz o técnico em eletrotécnica?

O curso técnico em eletrotécnica EAD está habilitado para realizar diversas tarefas relacionadas à manutenção, operação, planejamento e testagem de sistemas elétricos. Em outras palavras, ele pode operar elementos de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. Além disso, ele pode projetar, elaborar, desenvolver e assinar projetos de instalações elétricas de até 800 KVA sem limite de tensão. Esses e outros dados podem ser encontrados no Conselho Federal dos Técnicos Industriais e Conselho Regional dos Técnicos Industriais.

Qual é a diferença entre eletrônica e eletrotécnica?

Eletrônica compõe parte da engenharia. Ela tem como objetivo lidar com diversos tipos de redes elétricas dentro de um circuito em modos de controle. Além disso, a eletrônica trabalha com grandezas elétricas consideravelmente pequenas em relação à amplitudes enquanto a frequência que ela trabalha geralmente é elevada. A eletrotécnica trabalha, por sua vez, com linhas de transmissão, geração, distribuição e utilização da energia elétrica. Isso pode enquadrar diversos tipos de fontes alternativas de energia, além de acionamentos industriais, motores elétricos, instalações elétricas prediais e industriais. Nesse sentido, ela abarca processos e serviços de alta tensão.

Mercado de trabalho para o curso técnico em eletrotécnica EAD

Segundo os dados do Guia de Profissões e as informações de vagas da Catho, a média de salário dessa carreira técnica em eletrotécnica no país é mais de dois mil reais. Mas essa remuneração inicial pode subir bastante dependendo da empresa e do cargo. Dependendo do nível profissional, esse técnico pode ganhar facilmente mais de cinco mil, chegando até a salários superiores a dez mil reais. Por tudo isso, o Centro de Profissionalização e Educação Técnica possui um curso técnico em eletrotécnica EAD de excelência com uma carga horária superior a mil e seiscentas horas, além de sua grade curricular engloba diversas matérias. Tudo isso pensando exatamente na qualidade profissional de nossos alunos. Conheça mais o nosso curso em nosso site. Antes de começarmos a comentar sobre a profissão e o curso técnico em eletrotécnica, é muito importante tirar as dúvidas bastante comuns entre os jovens que estão tomando decisões para a sua vocação.

Na verdade  não existe nenhuma resposta pronta, isto é obvio. Mas se você está procurando uma qualificação bem profissional estudando um curso em um espaço de tempo e que tenha uma abrangência em ofertas de emprego, pense nos cursos técnicos.

Primeiro você tendo um diploma de um curso técnico, você vai possuir um currículo especializado e robusto do que apenas obter o diploma do Ensino Médio. Entretanto, é bastante possível fazer o curso  técnico junto com o ensino médio e já sair da escola com esta formação importante para isso faça o curso técnico no CPET   (Centro de Profissionalização e Educação Técnica) com certeza você irá se matricular em uma excelente instituição faça já a sua matricula.

Fazendo uma comparação com a graduação, os cursos técnicos oferecem grande vantagem por serem mais focados e curtos colocando em prática a profissão.

Como é feito o curso técnico em eletrotécnica?

O primeiro passo a ser dado para tornar-se um ótimo profissional em eletrotécnica é ter primeiramente  uma formação de um curso técnico, que têm a duração entre 18 a 24 meses. Ou seja, o curso gera em torno  de 1 ano e meio a 2 anos.

Durante todo este período, os estudantes estudam várias disciplinas, que variam  conforme as instituições de ensino. Em geral, elas estão divididas entre 3 áreas gerais: elétrica geral, elétrica industrial e de máquinas e motores e de  processos.

Np módulo elétrica geral, são estudadas as teorias principais por trás da elétrica. São vistas também as normas de segurança e de legislação e a parte onde se estuda sobre os projetos elétricos, por exemplo.

Já no módulo de  motores e elétrica industrial , os alunos estudam sobre as máquinas e todos os  processos e também os comandos elétricos, além de todos os fundamentos de automação.

E por último a área de processos e máquinas são estudados os testes industriais e ensaios , sendo assim as práticas para a manutenção dos sistemas elétricos. E as matérias, e com isto  não seguem ordens como a lista pois sistema organizacional dos currículos escolares  variam dependendo da instituição.

Entretanto, quem escolher fazer este curso técnico em eletrotécnica deve se preparar  para as disciplinas como: desenho técnico , gestão de manutenções projetos dos sistemas, Interpretação e leitura de desenho, entre as outras.

O que faz um profissional em técnico em eletrotécnica?

Você viu agora como é a formação de um técnico em eletrotécnica, e com certeza você deve estar fazendo está pergunta como isto funciona como é o  trabalho deste profissional. Entretanto, para que serve toda esta teoria? De uma  forma bastante geral, o técnico em eletrotécnica é super  responsável por estas seguintes atividades:

  • Projeto e instalação de sistemas de acionamento elétrico;
  • Instalação e manutenção de iluminação e sinalização;
  • Atuação em todo processo de transmissão e distribuição de energia;
  • Elaboração e desenvolvimento de projetos de instalação elétrica e de sistemas de telecomunicações em construções;
  • Planejamento e instalação de equipamentos e sistemas elétricos;
  • Medida de uso eficiente de energia elétrica e fontes de energia;
  • Entre outras.

Quer saber mais um pouco sobre este curso continue lendo este artigo e veja mais exemplos!

Quais são as áreas de atuação de um eletrotécnico

O trabalho  de um profissional em técnico em eletrotécnica é muito amplo. Mas então, em quais áreas este profissional está apto a atuar? E esta resposta é em todo o tipo de indústria! Isto porque todos eles precisam, de uma forma ou de outra, de alguma pessoa com uma expertise nesta parte elétrica.

Sendo assim, alguns  setores possuem   demandas maiores por causa destes esses técnicos. E elas são:

  • usinas hidrelétricas, termelétricas, eólicas, solares;
  • indústrias metalúrgicas;
  • empresas de distribuição de energia elétrica;
  • empresas de água e saneamento;
  • empresas de construção civil;
  • empresas telecomunicações;
  • empresas de instalação e manutenção de equipamentos elétricos;
  • escritórios de projetos técnicos;
  • indústrias petrolíferas.

O Mercado de trabalho para um  profissional em eletrotécnica

Uma outra dúvida bastante comum de uma pessoa que está interessado  por esta  profissão de técnico em eletrotécnica é como o mercado está funcionando.

Entretanto, você já deve ter  visto que este mercado é  bastante amplo, mesmo quando as economias não estão crescendo tanto. Estima-se  que sejam geradas mais de 17 mil vagas para os técnicos em eletrotécnica nos próximos anos e ainda existe  opções para trabalhar como um autônomo.

Quanto ganha um profissional de eletrotécnica

O salário para técnico em eletrotécnica varia mas se  começar agora,  encontrará remunerações em torno dos R$ 1.500 a R$ 2 mil.

Já  um profissional que possuí  bagagens maiores, estes valores estão aproximados na casa dos  R$ 3 mil a R$ 4 mil. Conforme o vagas.com.br, a média de salários para esta área no Brasil gera e torno de R$ 2.410.

Onde estudar?

O CEPT hoje oferece o curso técnico em Eletrotécnica reconhecido pelo MEC, ou seja, a sua certificação vai ser amplamente aceita no mercado de trabalho. Além disso, a qualificação é feita no modelo de ensino EAD, onde você consegue conciliar os estudos com as suas demais atividades. Logo, não espere para começar a sua formação, conheça o curso Eletrotécnica do CEPT e se inscreva agora mesmo. Saiba mais em nosso blog

📱 Envie um WhatsApp ► //bit.ly/contatoCPET ou (11) 9 6056-8891
12 de abril de 2021
PROPRIEDADE E COPYRIGHTS CPET - CENTRO DE PROFISSIONALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO TÉCNICA - Desenvolvido por Márcio Barbosa