fbpx

7 dicas de tecnologia para o técnico em logística

A logística e a tecnologia têm sido praticamente inseparáveis no ambiente empresarial há um bom tempo.

Além disso, a contribuição da TI nas rotinas logísticas é considerável e é responsável pela otimização da gestão e do trabalho dos funcionários, facilitando a gestão empresarial, automatizando uma diversos processos expeditos e, mais do que isso, promovendo a integração dos processos logísticos.

Todo os aspectos acima são pontos fundamentais para um desempenho comercial competitivo no mercado de hoje em dia. Assim, negar o suporte tecnológico significa perder a chance de ampliar a produtividade, diminuir a incidência de erros e despesas e fazer avançar a concorrência.

7 dicas de tecnologia para o técnico em logística

Continue lendo para ter uma melhor compreensão sobre o universo do técnico em logística e a importância da tecnologia na integração de processos logísticos.

  1. Controle de processo

O número de processos envolvidos é capaz de ser bem grande ao longo de toda a cadeia logística, dependendo do tamanho da empresa e dos técnicos em logística.

Por isso, sem suporte tecnológico, a quantidade e a base para o gerenciamento eficiente dos dados gerados diariamente tornam praticamente impossível realizar um controle melhor.

É por isso que a TI tem um papel proeminente no controle de processos. Em grande parte, sistemas, software e outras soluções garantem a centralização das informações que os gerentes e gerentes podem facilmente acessar.

Dessa forma, esta facilidade no controle de dados e processos permite que a empresa seja mais visível em suas operações, identificar pontos de foco, falhas, baixa produtividade, etc. E, eles devem ser corrigidos para conservar a eficiência operacional da empresa.

  1. Segurança dos dados

Os sistemas e equipamentos atualmente instalados nos veículos são capazes de rastrear e monitorar determinadas mercadorias pelo usuário autorizado. Isto demonstra o sucesso da tecnologia em logística e transporte.

A Internet permite informações sobre um determinado pedido e o status dos produtos a com base no sistema de controle logístico.

Isto, certamente, promove credibilidade e segurança para o cliente, que acompanha a situação e o movimento do produto obtido.

Dessa forma, a tecnologia logística ajuda a evitar fraudes, perdas, evasão, roubo e economia para todas os membros envolvidos.

  1. Agilidade na execução das tarefas

A tecnologia utilizada para logística se beneficia diretamente do desenvolvimento correto e a curto prazo de cada uma dessas exigências. A comunicação entre as etapas de trabalho, o monitoramento de informações em sistemas e a automação de tarefas são cruciais para isso.

Hoje o setor de logística não pode simplesmente sobreviver, sem plataformas digitais para apoiar a operação. Assim, todas as fases da cadeia têm que ser gerenciadas por sistemas de fácil acesso, que coletam dados constantemente. Este ciclo gera melhorias que irão acelerar os processos continuamente.

  1. Automatização de processos

Automatização de processos DE LOGÍSTICA

A automação de processos funciona com todos os envolvidos na organização de funções e tarefas e na redução de erros, o que resulta na diminuição de custos.

Além disso, no campo logístico há muitos detalhes que requerem controles automatizados para tornar a operação viável.

Aliás, os recursos atualmente disponíveis na tecnologia logística possibilitam controles precisos, serviços de qualidade, agilidade dos processos e segurança para o cliente final.

As etiquetas de código de barras e leitores RFID empregados na coleta, armazenamento, expedição, localização e prevenção de erros facilitam o registro, armazenamento e saída do produto.

As impressoras para etiquetas são fundamentais para que os tomadores de decisão utilizem sistemas de controle de estoque, que geram relatórios estatísticos sobre o movimento de mercadorias.

Entretanto, muito além desses controles, esses instrumentos são responsáveis por alimentar sistemas de rastreamento que podem identificar todo o caminho que qualquer produto percorre para detectar possíveis problemas de transporte.

  1. Aumento dos lucros

A margem de lucro da empresa pode ser aumentada investindo em políticas logísticas mais avançadas para reduzir as despesas, especialmente as operacionais.

E, possuindo um bom software de gestão ajudam a melhorar o trabalho de vários setores de gestão.

Além disso, cada uma das tarefas começa a ser conduzida de forma cuidadosa e articulada e, portanto, proporciona as condições mais apropriadas para o fluxo de caixa da empresa.

O processo de fabricação, desde a produção até a entrega ao consumidor e acompanhado de perto pela gerência, permite melhorar a qualidade dos serviços oferecidos.

Logo, a demanda pelos bens e as taxas de conversão da empresa tendem a aumentar; assim, as perdas dos bens devolvidos diminuíram, levando a uma maior renda.

  1. Comunicação aprimorada

Com a ajuda de software e hardware utilizados em toda a cadeia logística, uma empresa e um técnico em logística são capazes de otimizar a transferência de dados coletando, armazenando e processando informações que possibilitam a tomada de decisões.

  1. Redução de riscos

redução de riscos na logistica

Na integração de processos logísticos, outro benefício da tecnologia é a redução dos riscos comuns aos processos de controle, armazenamento e distribuição.

Assim, a integração da logística corresponde ao planejamento sistêmico, ou seja, ao controle e à gestão.

As operações e os dados estão, portanto, sempre interligados. A ligação entre eles permite um controle mais preciso para atingir o objetivo desejado. Os erros podem ser mais facilmente identificados e os riscos antecipados.

Por isso, a integração de processos logísticos permite que a gestão de riscos seja traduzida em três maneiras diferentes:

  • Reconhecer problemas existentes e aplicar medidas corretivas posteriormente;
  • Antecipar oportunidades de risco e tomar medidas preventivas que minimizem o risco;
  • Visualizar situações e desenvolver métodos eficientes para resolvê-las caso elas ocorram.

Além disso, a diminuição de riscos nos permite, seja em termos de produtividade, investimentos ou clientes, controlar e reduzir perdas.

Dessa forma, a integração dos processos logísticos tem, portanto, um impacto expressivo na gestão da empresa, como pode ser visto. Isto resulta em altas otimizações e aumento da qualidade operacional da organização, o que a torna mais competitiva e lucrativa.

  1. Entrega de satisfação ao cliente

A logística de uma empresa é diretamente responsável pela satisfação do serviço ao cliente.

E, naturalmente, o trabalho do setor não tem influência, por exemplo, na qualidade do produto a ser vendido. Entretanto, especialmente na última etapa da entrega, o setor é decisivo para a imagem da organização.

O primeiro ponto é o momento da entrega. O software é utilizado para organizar melhor as demandas, para que as rotas sejam melhoradas.

Portanto, os produtos são entregues o mais rápido possível. Além disso, as capacidades atuais também permitem o acompanhamento dinâmico do consumidor.

Este grande nível de gerenciamento de informações no setor de logística também torna a operação mais eficiente. Isto reduz os erros de posicionamento, atrasos devido a erros de expedição e, geralmente, só ajuda a satisfazer os clientes.

Agora cabe a você decidir! Tire um momento para dar uma olhada nos cursos técnicos EAD do CPET.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco:

📱 Envie um WhatsApp ► //bit.ly/contatoCPET ou (11) 9 6056-8891

Siga o CPET nas redes sociais:

Curta nossa página no Facebook: //www.facebook.com/tecnicoscpet
Siga nosso perfil no Instagram: //instagram.com/cpet_cursos
Acesse nosso Twitter: //twitter.com/CpetCursos
18 de dezembro de 2021
PROPRIEDADE E COPYRIGHTS CPET - CENTRO DE PROFISSIONALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO TÉCNICA - Desenvolvido por Márcio Barbosa