fbpx

6 Dicas para Fazer uma Transição de Carreira

Muitos profissionais que desejam mudar de carreira têm preocupações sobre o processo de transição de carreira. Entretanto, o prazer profissional que vem com este processo é gratificante, apesar de não ser fácil de ser alcançado.

6 Dicas para Fazer uma Transição de Carreira

Toda carreira, como qualquer outra tarefa na vida, tem seus altos e baixos. Você pode se encontrar em um cenário em que não tem mais o mesmo entusiasmo por suas responsabilidades profissionais, e para isso começa a buscar formas de realizar uma Transição de Carreira.

A seguir, confira algumas dicas sobre como fazer sua transição de carreira.

  1. Procure o autoconhecimento

Para exercer o autoconhecimento, é vital avaliar o presente, o passado e o futuro. O que você quer fazer em cinco anos? Quais são algumas das habilidades profissionais que você gostaria de aprimorar? O que você quer ganhar com seu novo emprego (por exemplo, segurança financeira ou melhoria da qualidade de vida)?

Pode ser difícil responder a todas estas perguntas. É por isso que poderia ser interessante considerar as possibilidades menos desejáveis, ou seja, listar todas as razões pelas quais você não perseguiria uma determinada vocação.

Outra técnica para ajudá-lo na tomada de uma decisão é considerar seu propósito, que pode estar vinculado a uma Transição de Carreira.

Considere também o que o motiva e o entusiasma a continuar. Esta resposta provavelmente influenciará sua decisão de forma favorável, tanto em sua vida pessoal quanto profissional.

  1. Faça uma lista das possibilidades

Faça uma lista das possibilidades para a Transição de Carreira

É fundamental mapear o potencial de mercado em sua área escolhida antes de fazer uma mudança de carreira. Esta decisão deve, é claro, ser baseada em seus objetivos e habilidades. Você também deve pensar sobre as vantagens e desvantagens dessas possibilidades. Como resultado, você deve:

  • Conduzir uma extensa pesquisa;
  • Avaliar as ofertas de emprego
  • Fazer contato com especialistas na área
  • Pesquisar o mercado;
  • Desenvolver previsões
  • Planejar uma Transição de Carreira
  1. Procure uma qualificação

Obviamente, você não terá o mesmo nível de experiência em seu novo campo de atuação que você tem no seu campo atual no início na sua Transição de Carreira. Como resultado, para se destacar no mercado, você deve aumentar seus talentos.

Depois de ter mapeado suas opções, você vai querer examinar quais certificações e habilidades você vai precisar para seguir esta nova carreira.

Então você poderá considerar investir em alguma especialidade para ajudá-lo a completar as responsabilidades necessárias para a Transição de Carreira.

  1. Entenda suas habilidades mais importantes

É fundamental compreender suas principais habilidades para criar um novo currículo com clareza, que possibilite a sua Transição de Carreira. Como resultado, é melhor dividi-las em três categorias:

  • Conhecimento: faça uma lista de todos os cursos que você já fez. Inclua um resumo rápido das habilidades que você aprendeu;
  • Experiência de trabalho: faça uma lista de todos os seus trabalhos em ordem cronológica. Faça um resumo da experiência adquirida, incluindo as três realizações mais significativas e o motivo da saída;
  • Habilidades interpessoais (soft skills): faça uma lista de suas habilidades interpessoais. Considere também as desvantagens. Se esta pergunta surgir em uma entrevista de emprego, isso o ajudará a pensar rapidamente.
  1. Aprenda sobre as habilidades mais desenvolvidas e as que estão em demanda

Aprenda sobre as habilidades mais desenvolvidas e as que estão em demanda

Descubra quais habilidades estão em alta demanda no mercado de trabalho. Talentos como comunicação forte, interações interpessoais e resolução de problemas estão entre os mais valorizados.

Comece também treinamento e qualificação para as habilidades que o mercado e sua vida exigem.

Se você descobrir que precisa aprender uma nova habilidade técnica ou comportamental durante este processo, considere como você a encaixará em sua rotina diária.

Neste cenário, um curso online pode ser a melhor alternativa. Considere-o uma oportunidade de aprender e crescer.

  1. Busque ajuda para a Transição de Carreira

A princípio se você ainda estiver tendo problemas para superar este momento de Transição de Carreira, apesar de ter seguido todos os conselhos anteriores, é melhor procurar ajuda.

Obter uma opinião de alguém de sua confiança, seja um profissional ou um amigo que tenha passado por uma circunstância semelhante, pode ser uma ótima maneira de ampliar seus horizontes.

O compartilhamento de experiências é um bom método para ver como essa transformação irá ocorrer. Fale e, o mais importante, ouça. Pegue o que puder e anote as ideias.

Um bom profissional é capaz de enfrentar os problemas, dedicando-se ao máximo, e desejando continuamente melhorar profissionalmente.

Entretanto, em algumas circunstâncias, a motivação para permanecer neste campo não é tão forte, e o potencial não é plenamente realizado.

Por isso, poderia ser um bom momento para mudar de carreira. Como resultado destas sugestões, a mudança profissional pode ocorrer de forma mais suave.

O que você achou desse post? Deixe um comentário aqui compartilhando suas experiências ou dúvidas, irei adorar lhe responder! Boa sorte e até mais!

Agora é com você! Aproveite para conferir os cursos técnicos EAD do CPET.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato conosco:

📱 Envie um WhatsApp ► //bit.ly/contatoCPET ou (11) 9 6056-8891

Siga o CPET nas redes sociais:

Curta nossa página no Facebook: //www.facebook.com/tecnicoscpet
Siga nosso perfil no Instagram: //instagram.com/cpet_cursos
Acesse nosso Twitter: //twitter.com/CpetCursos
6 de janeiro de 2022
PROPRIEDADE E COPYRIGHTS CPET - CENTRO DE PROFISSIONALIZAÇÃO E EDUCAÇÃO TÉCNICA - Desenvolvido por Márcio Barbosa